ePharma

ePharma reduz sinistralidade em 7% com práticas esportivas

Colaboradores são incentivados a valorizar estilo de vida

Com a implementação de um programa de qualidade de vida, a ePharma reduziu em 7% a sinistralidade e o absenteísmo entre seus 300 colaboradores, no período entre 2017 e 2018. A empresa, pioneira em gestão de planos de benefícios de medicamentos (PBM), também atua com a prevenção de riscos e conscientização sobre o autocuidado para clientes beneficiários de planos de saúde empresariais.

Denominado Filípides, em homenagem a um soldado que colaborou com a vitória do exército grego contra os persas ao correr 40 km em busca de ajuda, o programa prevê aos funcionários subsídios de 50% em qualquer prática esportiva e de 100% em inscrições para provas de corrida e caminhadas de rua. Além disso, disponibiliza um serviço de consultoria esportiva por meio de profissionais qualificados. Um personal trainer assessora o treinamento dos colaboradores, fornecendo orientações técnicas, físicas e laborais.

Atualmente, 12% dos profissionais utilizam os subsídios para prática esportiva, mas a adesão cai para 7% quando contabilizados aqueles que fazem uso do serviço de assessoria com personal trainer. Todos esses benefícios são exclusivos para aqueles que participam ativamente do programa.

Para o CEO da ePharma, Luiz Carlos Silveira Monteiro, incentivar o protagonismo dos funcionários no monitoramento de suas condições clínicas auxilia as operadoras a reduzir custos evitáveis. “O plano de saúde é o segundo maior custo de uma empresa, respondendo por 15% da folha de pagamento. Por outro lado, mais de 70% das doenças têm relação com o estilo de vida. A melhor forma de equilibrar a balança é orientar o colaborador e estimular hábitos saudáveis”, justifica.

Como elemento complementar ao programa, a empresa criou a plataforma online ND Vida, que conta com a adesão de 80% dos funcionários. Trata-se de uma conta individual que armazena dados sobre condições clínicas e indicadores históricos relativos à saúde e qualidade de vida do colaborador. A partir desses dados, fornece dicas para melhorar as condições clínicas por meio do disparo diário de teasers, com conteúdos audiovisuais personalizados sobre bem-estar, finanças, alimentação e análise de produtividade. “Isso permite melhorar o desenvolvimento pessoal a partir do autoconhecimento”, avalia Monteiro.